Vídeo em Destaque

Google e Microsoft nas nuvens

    
Como o Google está sempre em busca de novas tendências na área tecnológica, desenvolvendo aplicativos e ferramentas, por que não iniciar algo como um sistema operacional? 

Após a febre do Windows 7, a versão final do Chrome OS está sendo aguardado com ansiedade, e a previsão foi feita para agora, último trimestre do ano. A disponibilização deste sistema será gratuito, já que possui licença de código aberto baseado em Linux.
Em setembro de 2008, quando o Google lançava o navegador Chrome disponibilizara também todos os códigos-fonte de forma aberta, sob a licença BSD. Este projeto foi denominado Chromium e vem sendo aperfeiçoado desde então. Seguindo a linha de raciocínio o Chromium é desenvolvido com o principal objetivo de trazer maior desempenho durante a utilização de serviços online. Já que nós, usuários, estamos focados na internet, talvez não precisasse mais realizar certas funções, possibilitando descartar o sistema convencional e ficar apenas com o browser como sistema operacional, proporcionando um sistema descentralizado. Assim, deixa-se de lado a necessidade de instalar programas, atualizar softwares, ter perda de arquivos, e outras tarefas, poderíamos, apenas com o browser, ouvir música, assistir filmes, falar com os amigos, editar documentos como fotos, textos e planilhas, jogar games, acessar e-mails, sem a necessidade de armazenar nada no computador, pois estaria tudo na internet, mais especificamente utilizando o armazenamento em nuvem. Além de poder acessar de qualquer lugar com qualquer dispositivo com acesso a internet.
Versões de teste deste projeto já estão disponíveis para download e vários usuários aprovaram o desempenho alegando “O que o Google promete, eles cumprem”, porém há controvérsias, alguns usuários alegam não ser uma boa alternativa para nós, brasileiros, pela baixa condição de acesso a internet e pela tecnologia 3G estar apenas engatinhando em nosso território.
Entretanto o Google não é o único a investir nas nuvens, como atualmente o número de usuários chegou a 2 bilhões, até a Microsoft focou na idéia e apresentou, nesta terça-feira , uma versão totalmente online dos aplicativos Office. Esta versão denominada Office 365, é apenas para testes, a versão finalizada será divulgada apenas ano que vem, necessitando de assinatura para uso.
Enfim, esse é o nosso futuro? Sem necessitarmos armazenar arquivos pesados e nos incomodar com instalação de programas ou atualização dos mesmos? A idéia é interessante e com o lançamento do Chrome OS, a navegação de certo modo ficará muito mais eficiente. Se quiser conferir não precisa aguardar a versão final, basta adquirir a versão teste, tanto do Chromium quanto do Office 365, e formar uma opinião a respeito.




Texto por Vanessa C. Carpes  /  e-mail: nessa_carpes@hotmail.com





Posted by Folha dos Municípios on 10:38. Filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0

0 comentários for Google e Microsoft nas nuvens

Leave comment

Notícias Recentes

Comentários Recentes

Galeria de Fotos